Glorinha Kalil pediu clemência para o estilista de Dilma
CUBA - Em nova carta ao povo brasileiro, o ex-presidente em exercício, Luiz Inácio da Silva, pediu para todos perdoarem Dilma Rousseff. "Meus amigos e minhas amigas, peço clemência para a companheira Dilma. Todos temos direito de errar, quantas vezes forem necessárias, insistir nesses erros e permanecer erráticos", diz o primeiro parágrafo.
Lula iniciou uma campanha para demonstrar solidariedade à presidenta. Solícito, distribuiu camisetas com a frase "Je suis Dilma" para toda a base aliada, para os movimentos sociais e para blogueiros progressistas. "Nunca antes na história desse país o perdão foi tão importante", discursou.
O ex-presidente em exerício estuda redigir documentos até o final do ano pedindo clemência para José Dirceu, José Genoino e todos os envolvidos na Operação Lava Jato. "Se Jesus Cristo perdoou, por que eu não perdoaria?", perguntou.

Leia também